quinta-feira, 11 de julho de 2013

Algo Sobre Amor e Sexo


Olá! Como sempre, quem vos fala é Alex Lupoz, e gostaria de abordar um tema que para muitos ainda é um tabu nos dias atuais: amor e sexo.

Mas qual a grande diferença dos dois?

Bem, do meu ponto de vista, existe amor no sexo, mas creio que a maioria não sabe distinguir isto.
Para a maioria, (principalmente para boa parte dos homens, que infelizmente, vêem isto como um símbolo de masculinidade), o sexo sempre é colocado acima de uma relação ou até mesmo se torna um objeto de desejo mais importante que qualquer outro valor. Por este desejo ardente em busca de prazer sem limites, traições e perda de valores morais é inevitável, não tão somente para os homens, mas para ambos, homens e mulheres. Mas cresci com a ideologia de quê o amor está muito além do sexo, e o pensamento de que "amor sem sexo não existe", para mim é errôneo, não que ele não vá fazer parte de uma relacionamento longo, mas que não necessariamente se precisa dele para amar.

Como homem, me senti muitas vezes acuado com cometários machistas, aludindo que um homem de verdade é aquele "macho viril, cafajeste e que vive para o prazer", mas eu sempre discordei de tal pensamento.

No mundo moderno, tanto homens quantos mulheres, preferem viver de forma devassa, mas confesso que o público masculino são os mais interessados em sexo casual, e preferem não ter relacionamentos de longa data, mas não creio que somente eu pense nesta linha de pensamento, pois conheço vários colegas que não colocam o sexo no topo de suas prioridades.

Algo que me incomoda profundamente, são homens de caráter tão baixo, que fazem pressão logo no início do namoro para terem relações íntimas com sua parceria, o que ao meu ver, é uma falta de respeito total com a mulher, pois penso que todas tem o seu tempo e precisam se sentir seguras com o parceiro.

Na minha opinião, um relacionamento é feito de afeto, carinho e proteção, independente se já se passou 1 mês ou 6 meses e a parceira ainda não se sinta segura(principalmente se for a primeira vez da mesma), afinal, um relacionamento é principalmente feito de amor, e não sexo. Muitos me acham antiquado ou como alguns preferem chamar, "brega", somente por que levo em meu pensamento, um aspecto mais antigo a respeito do namoro. Acho importante antes de tudo, fazer com que a pessoa se sinta feliz, especial e única.

Muitos acham brega, atos como fazer músicas, escrever poesias, cartas,  dar flores ou rosas, ficar acordado conversando com a pessoa amada mesmo morrendo de sono, somente para que ela não se sinta sozinha ou até algo mais simples, como enviar um SMS no meio da noite dizendo que está com saudade. Bem, se estes gesto românticos antiquados são bregas, fico imaginando uma palavra para definir o ato de colecionar mulheres(ou homens, no caso das mulheres).

Bem, muitos irão discordar, mas minha firmação não é de que sou contra o sexo, mas que hoje em dia, as relações estão muito deliberadas, com desconhecidos se deitando com desconhecidos, o que também é um perigo, afinal, tais indivíduos podem portar algum tipo de DST ou se tratar de uma pessoa de má índole, violenta e em muitos casos, muito perigosas.

Sim, os homens tem um apelo sexual maior e não vêem tanto valor nisto como as mulheres, mas muitas mulheres generalizam, dizendo que não existe homens fiéis e que todos só querem a mesma coisa(que é levá-las para a cama), o que para mim, é um pensamento preconceituoso.


Bem, mas para salientar a diferença dos dois, ao meu ver, é simples: o desejo deliberado por sexo causa traições e a perda de valores morais, fazendo com que o carinho, a paixão e o próprio amor não tenham valores.
Mas será que vale mesmo a pena trocar uma vida ao lado de uma pessoa que te faz feliz, te apoia, te consola, te dá carinho e afeição quando você mais precisa e te faz acordar sempre com um sorriso, independente da situação em que esteja, por algumas horas de prazer?

Fico imaginando o que seria mais tocante contar para um filho ou qualquer criança que pergunta-se "o que é a felicidade?". Se é "uma vida cheia de sexo deliberado" ou "envelhecer ao lado da pessoa que ama". Com toda certeza, eu escolheria a segunda resposta. Bem, mas o que são "valores humanos verdadeiros", vai de pessoa para pessoa. Esta á apenas minha opinião.

Abraços & Sucesso

 

2 comentários:

  1. Este assunto é realmente muito polêmico, mas concordo com você, hoje em dia o sexo está banalizado, mas acho que a culpa não é só dos homens, muitas mulheres hoje em dia estão pior que os mesmos. Vai da consciência de cada um saber a hora certa e se isto vai ou não afetar seus sentimentos e caráter.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário Gi ;) Com certeza, mesmo entre as mulheres hoje em dia, o sexo está deliberado, mas creio que a maioria seja o público masculino ainda.

      Abraços :D

      Excluir

Facebook Google+ Twitter